Uma análise do filme Fome de poder

Você já ouviu falar sobre o filme Fome de Poder, que conta a história do Mcdonalds?

Certamente esse é um filme imperdível, ainda mais para quem trabalha na área de marketing, administração ou mesmo se interessa por negócios.

Antes de dar sequência ao texto, gostaria de alertar, que podem ocorrer alguns spoilers, no texto a seguir.

Estou convicto que quase 100% das pessoas que assistem o filme, saem com raiva do Ray Kroc, por ele ter articulado para tomar o direito da marca Mcdonalds, dos irmãos Mcdonalds. Sim, a marca era o sobrenome dos fundadores da lanchonete.

Tirando esse lado perverso do filme, vou propor aqui uma análise a partir de outro viés – o dos negócios.

Quando Ray Kroc conheceu a lanchonete dos irmãos Mcdonalds, ele se encantou com o modelo de negócio que os irmãos haviam conseguindo implementar, mesmo em uma pequena empresa. A estratégia dos irmãos Richard e Maurice, foi vender apenas os produtos que davam mais lucro: Hambúrguer,  batata frita, refrigerante, milk-shake e sorvete. A partir disso, eles criaram um processo de produção que otimizava todo o processo de montagem e entrega dos lanches. Originando aí o termo fast food ou comida rápida.

Um lanche que antes demorava 30 minutos para ser preparado, a partir do modelo de negócio dos irmãos Mcdonalds, passou a ser entregue imediatamente, após o pagamento. Uma verdadeira revolução para a época e que influenciou vários negócios que existem até mesmo hoje em dia.

Agora, você deve estar se perguntando. Então, por que os irmãos não expandiram a rede? Eles até tentaram fazer isso, mas os franqueados, não mantinham o mesmo padrão de funcionamento e em pouco tempo as lanchonetes franqueadas tendiam a retomar alguns vícios das lanchonetes padrões da época.

Então, o que Ray Kroc fez de diferente?

Inúmeras coisas, mas eu vou destacar aqui duas delas.

A primeira, é que ele foi em busca de padronizar o modelo de dono das franquias do Mcdonalds. Ou seja, ele escolhia somente pessoas que tinham o perfil para seguir o modelo da franquia.

O segundo e mais importante, ele passou a comprar os terrenos onde seriam construídas as lanchonetes. Isso fez com que ele pudesse colocar em contrato clausulas que tornavam obrigatórias os cumprimentos das regras da franquia, caso o  contrário, o inquilino seria despejado.

Agora que vem a questão. Então, por que eles se separaram?

Sob o ponto de vista ético, certamente a forma como Kroc conduziu, até se tornar oficialmente dono da marca, não foi nenhuma história para o Ronald Mcdonalds contar para as criancinhas. No entanto, eu vou propor um outro ponto de vista para explicar essa desavença.

Os irmãos Mcdonalds, possuíam uma proposta de valor diferente. Para eles a lanchonete deveria ser como uma extensão da casa das pessoas. Já para Kroc, o modelo de negócio deveria ser cada vez mais lucrativo e isso começou a impactar na qualidade dos produtos. Um milk-shake, que antes era produzido com leite, passou a ser preparado a partir de um pó, o que economizou muitos dólares nas contas de luz dos franqueados, mas mudou a proposta inicial dos irmãos Mcdonalds.

Então, o modelo dos originais Mcdonalds, não se adequou a visão mercadológica de Kroc, que em pouco tempo conseguiu fazer uma manobra administrativa e jurídica que o tornou dono da marca Mcdonalds.

Achou interessante?

Te convido então, a assistir o filme e conversar com a gente sobre o seu ponto de vista dessa obra do cinema.

Compartilhe este conteúdo

5 fatos sobre tráfego orgânico

Neste post você vai conferir tudo que precisa saber sobre tráfego orgânico e como esta…

Leia mais >>

Quantos passos sua empresa precisa dar para vender?

Deixa eu te fazer uma pergunta: como você ou sua empresa vende o seu negócio?…

Leia mais >>

Facebook Ads: Impulsionar post ou criar anúncio? Entenda a diferença.

Devo criar um anúncio ou impulsionar um post no Facebook e Instagram? Essa é uma…

Leia mais >>

Boas práticas para se fazer um bom email marketing

Com o marketing digital crescendo cada vez mais, uma das principais atividades que você deve…

Leia mais >>